VEJA COMO É CONSTRUÍDA A CISTERNA-ENXURRADA, UMA DAS TECNOLOGIAS SOCIAIS DO P1+2!

November 1, 2013

 


As tecnologias adotadas pelo Programa Uma Terra e Duas àguas - P1+2, executadas pela ACB são simples, baratas e de domínio dos agricultores e agricultoras. Existem vários tipos de implementações para captar água para produção de alimentos. Atualmente, o P1+2 trabalha com sete tipos: cisterna-calçadão, cisterna-enxurrada, barragem subterrânea, barreiro trincheira, barraginha, tanque de pedra e bomba d’água popular.


Segundo alguns técnicos, a cisterna-enxurrada é a tecnologia que menos agride o meio-ambiente. Com capacidade para acumular 52 mil litros é construída dentro da terra, ficando somente a cobertura de forma cônica acima da superfície.O terreno é utilizado como área de captação. 


Quando chove, a água escorre pela terra e antes de cair para a cisterna passa por duas ou três pequenas caixas, uma seguida da outra, que são os decantadores. Os canos instalados auxiliam o percurso da água que escoa para dentro do reservatório. Com a função de filtrar a areia e outros detritos que possam seguir junto com a água, os decantadores retêm esses resíduos para impedir o acúmulo no fundo da cisterna.


Veja como ela é construída:

 

1° Passo: Para a construção de uma cisterna-enxurrada é fundamental a escolha do local e a marcação na área onde exatamente ela será construída. O terreno deve ser plano para evitar aterros e, assim, garantir a durabilidade e a qualidade.  

Com uma trena fixa em uma barra, o técnico mede 04 metros do raio para marcar o local onde será escavada a cisterna-enxurrada.

 

 

 

 

2° Passo: A retroescavadeira escava um buraco de oito metros de largura e 1,80m de profundidade.

 

 

 

 

3° Passo: Após o buraco escavado, a família entra em cena para terraplanar o piso da cisterna

 

 

4° Passo: Capacitados como agricultores-cisterneiros, os agricultores preparam as placas para erguer as paredes da cisterna. O pedreiro ou a pedreira faz estas placas com areia e cimento.

 

5° Passo: Um dos modelos mais comuns de parede é feito com 3 linhas de placa do tamanho de 50 por 60 centimetros, somando 111 placas. É Necessário que todas as 113 placas (duas de sobra) estejam prontas para que se comece a construir a parede da cisterna. 

 

 

 

6° Passo: Nesta etapa são construídas vigas feitas de concreto e ferro, estas vigas ou caibros serão responsáveis pela sustentação das placas do teto da cisterna.

 

 

 
7° Passo: Para levar a água da enxurrada para a cisterna será construído um ou dois pequenos tanques conhecidos como decantadores, que tem a função de permitir a decantação de resíduos que possam vir junto com a água que escoa. 

 

 

 

8° Passo: Um dia depois de terminada, a cisterna deve ser pincelada com impermeabilizante (03 latas de cimento e 03 litros de impermeabilizante). No dia seguinte fazer a pintura da cisterna com cal branca. A família assina o termo de recebimento e à cisterna é fixada uma placa com a numeração da tecnologia. Agora é esperar a chuva para ver tudo brotar!

 

 

 

Please reload

Destaques

Intercâmbio entre instituições proporciona troca de saberes

October 1, 2019

1/10
Please reload

Notícias Recentes

June 7, 2019

Please reload

Arquivos