Cisternas nas Escolas: Projeto chega ao Cariri para trazer água, educação e cidadania

April 22, 2015

Já está em andamento, no Cariri, o projeto Cisternas nas Escolas, realizado pela ACB, em parceria com a Articulação Semiárido Brasileiro (ASA). O projeto, financiado pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), está sendo implementado, desde janeiro deste ano, em 12 municípios da região. O objetivo do projeto é construir 83 cisternas, além de realizar capacitações na gestão dos recursos hídricos e educação contextualizada.

 

 Gestoras escolares durante a capacitação, em Santana do Cariri

 

Até agora, já foram realizadas as capacitações das comissões municipais, mobilizações e os primeiros cursos de GRHE’s (gestão dos recursos hídricos nas escolas). Neste mês de Abril, já aconteceram os encontros comunitários, em Santana do Cariri, que também atendeu os gestores das escolas da cidade vizinha, Nova Olinda. Além disso, estes dois municípios já receberam os primeiros materiais para a construção das cisternas.

 

 Ricardo Vieira, monitor pedagógico do projeto

 

O trabalho de educação contextualizada, nas capacitações de GRHE, também começou a ser feito e segundo Ricardo Vieira, coordenador pedagógico do projeto, a ACB, que implementa o “Cisternas nas Escolas, tem sido bem recebida nas comunidades. “Tendo em vista a importância do projeto, que proporciona não apenas um reservatório de água, mas também a possibilidade da contextualização do Semiárido, já que o mesmo é fundamentado na Agroecologia e Convivência com Semiárido”, aponta Ricardo. 

 

Além de Nova Olinda e Santana do Cariri, os outros municípios atendidos pelo “Cisternas nas Escolas”, com implementação da ACB, são: Barbalha, Missão Velha, Abaiara, Milagres, Porteiras, Brejo Santo, Jardim, Várzea Alegre, Farias Brito e Salitre.

 

 

 

Please reload

Destaques

Intercâmbio entre instituições proporciona troca de saberes

October 1, 2019

1/10
Please reload

Notícias Recentes
Please reload

Arquivos