Acesso às políticas públicas: oficinas de PAA e PNAE são realizadas no Cariri

April 24, 2015

O projeto Jovens Familiares Produzindo no Cariri, realizado pela Associação Cristã de Base (ACB), com patrocínio da Petrobras, ofereceu oito oficinas sobre o Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) e o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), neste mês de abril. A cada fim de semana, um munípio recebeu as capacitações, que incentiva os agricultores a terem acesso e, também, contribuírem com estas políticas públicas.

 

 

Ao todo, 140 pessoas foram capacitadas nos quatro municípios atendidos pelo projeto: Milagres, Crato, Nova Olinda e Santana do Cariri. Convidados pela ACB, Eliana de Lima, Joelmir Pinho e Danielle Santos, foram os facilitadores das oficinas. Os três são educadores populares, que trabalham oferecendo palestras e cursos. Além dos mediadores, estes espaços de capacitação também foram acompanhados pelos técnicos de campo da ACB e seus coordenadores.

 

A oficina

 

A comunidade do Valdivino, em Milagres, recebeu, na capela de Nossa Senhora da Conceição, uma das oito oficinas de PAA e PNAE, no sábado (11). A atividade reuniu 21 pessoas, destes 18 participantes eram mulheres, divididas entre moradoras do próprio Valdivino e das comunidades vizinhas, Mandacaru e Caneira. O facilitador foi Joelmir Pinho, diretor da Escola de Políticas Públicas e Cidadania Ativa (EPUCA), que também trabalha dando palestras, cursos de comunicação institucional e gestão social, além assessoria de marketing pessoal.

 

 Joelmir Pinho, facilitador da oficina

 

Joelmir iniciou a oficina pela manhã, trazendo um momento de meditação entre os participantes. Em seguida, exibiu o vídeo “Por uma vida melhor”, que apresenta aos agricultores e agricultoras, algumas formas de terem acesso às tecnologias sócias. Ainda de manhã, o facilitador apresentou o PAA, indicando como os trabalhadores rurais podem ser fornecedores deste programa, vendendo, através da agricultura familiar, seus produtos para as instituições beneficiadas.

 

Um dos destaques do PAA é a produção coletiva. Joelmir ressaltou que os agricultores familiares podem, através de associação, vender coletivamente seus produtos. “O programa incentiva o trabalho coletivo. Se o agricultor vender individualmente, ele pode conseguir até 4.500 reais, por ano. Já, de forma coletiva, o valor aumenta, podendo chegar à 4.800 reais”, apontou Joelmir, durante a oficina. O programa, também, incentiva a produção e os trabalhadores locais, vetando a importação de alimentos de outras regiões.

 

Ainda sobre o PAA, Joelmir colocou que o programa tem chegado, cada vez mais, às mulheres do campo, incentivando o protagonismo da produção e da venda. “Nós sabemos que muitas mulheres ajudam seus maridos na roça, mas só o nome dele está cadastrado no programa, quando muitas delas trabalham tanto quanto, ou mais, que os homens”. Hoje, muito mais agricultoras assumiram o cadastro do programa, chegando a 31% de mulheres fornecedoras de alimentos. Outro dado, apresentado por Joelmir, diz que em 10 anos de PAA, já são 20 mil entidades beneficiárias e 2 mil organizações de agricultura familiar fornecedoras.

 

 

No espaço da tarde, Joelmir Pinho trabalhou com o PNAE. Antes de conversar sobre o programa, ele apresentou algumas informações, previstas em lei, sobre a alimentação dos estudantes, como por exemplo, o direito todos os alunos, da creche ao ensino fundamental, à merenda escolar. Cumprindo estes princípios, o programa trabalha com a valorização dos hábitos regionais e as tradições culturais de cada lugar, além de respeitar a saúde das crianças e adolescentes atendidas. 

 

Ao final da oficina, os participantes debateram as informações apresentadas por Joelmir, trocaram algumas experiências e avaliaram a oficina. “O pessoal escutou mais que em outros encontros, principalmente, porque tiveram muitas informações novas para a gente”, avaliou, Conceição Audeane, moradora do Mandacaru.

 

Um novo encontro está agendado para o mês de maio, quando as comunidades, em Crato, Milagres, Nova Olinda e Santana do Cariri, receberão mais um curso, agora de Economia Solidária. 

 

 

Please reload

Destaques

Intercâmbio entre instituições proporciona troca de saberes

October 1, 2019

1/10
Please reload

Notícias Recentes

June 7, 2019

December 7, 2018

December 5, 2018

Please reload

Arquivos