Projeto de incentivo para agricultores da comunidade Catolé

May 6, 2015

“Repórteres por um dia”. equipe de mulheres mostrando o sucesso do agricultor Zé Abílio, de milagres, com o sistema PAIS.

Por: Cicera Hiarly, Alexandra, Halana e Jordânia.

 José em seu sistema pais onde cultiva uma produção diversificada.

 

A comunidade de Catolé recebeu um grande incentivo da ACB (Associação Cristã de Base), que proporcionou às comunidades a oportunidade de diversificar e intensificar a produção agrícola com base nos meios agroecológicos, através do projeto: “Jovens familiares produzindo no Cariri”, patrocinado pela Petrobras, com o apoio do governo federal.

A comunidade de Catolé já se encontra com o primeiro sistema de Produção Agroecológica Integrada e Sustentável (PAIS), em pleno funcionamento, na casa do Senhor José Abílio, agricultor da comunidade, que diz estar muito feliz com a conquista: “Achei muito bom, tanto para minha família como também para comunidade, estou muito satisfeito e agradecido.”

 

 Sistema PAIS em construção na propriedade de Zé Abílio

 

Esse sistema foi construído com a mão-de-obra da própria comunidade, através de um trabalho voluntário, que foi concluído em, aproximadamente, três dias e meio. Era contrapartida da comunidade construir o sistema pioneiro, realizando todas as etapas: o galinheiro, o local dos canteiros e a área de pastejo assim como montar o kit de irrigação por gotejamento. Houve uma intensa participação de todos e o resultado foi excelente.

Esse tipo de iniciativa é muito importante para quem convive com o semiárido e conhece bem os problemas da seca na região.

 Senhora Agda observando o plantio de cebolinha

 

Hoje, na propriedade do senhor José está sendo produzido na horta: alface, coentro, pepino, pimentão, cebolinha, quiabo, abobrinha, hortelã, malva do reino, cenoura, abacaxi, mamão, batata doce e coloral, além de plantas nativas como ypê e imburana de cheiro. É importante salientar que todos esses produtos são isentos de agrotóxicos.

 

 

A esposa do senhor José, Maria Agda relatou a importância projeto e como o mesmo trouxe autonomia e qualidade de vida à todos: “Considero que foi muito bom o projeto, aumentou nossa renda e melhorou a qualidade de nossa alimentação, pois consumimos produtos orgânicos.”

 

 Equipe de repórteres responsáveis pela matéria.

 

Please reload

Destaques

Intercâmbio entre instituições proporciona troca de saberes

October 1, 2019

1/10
Please reload

Notícias Recentes

June 7, 2019

Please reload

Arquivos