Impacto das tecnologias sociais em comunidade do Ceará é tema de reportagem de emissora de TV

A comunidade do Boqueirão recebeu no dia 27/07, a visita da TV Verdes Mares. A emissora foi até lá para mostrar o trabalho das/os agricultores/as em seus quintais produtivos, bem como para conhecer os benefícios que a cisterna Chapéu de Padre Cícero trouxe para os moradores aliada a outras tecnologias de captação e armazenamento de água da chuva, a exemplo da cisterna-calçadão.

No mesmo quintal dividem espaço quatro tecnologias sociais, a cisterna-calçadão da ASA que foi acrescida com o sistema PAIS no Projeto Jovens Familiares. A cisterna Chapéu do Padre Cícero e o sistema PAIS no Projeto de Mulheres. “O Boqueirão tá ficando diferente até famoso está ficando com a chegada desses projetos”, afirma Francisca Helena (conhecida por Tiquinha).

A localidade recebe acompanhamento técnico da Associação Cristão de Base (ACB). O técnico Ery Claudio explica o que diferencia a cisterna tipo Chapéu de Padre Cicero das outras. “A cisterna Chapéu do Padre Cícero é uma tecnologia social adaptada pela ACB e certificada pela Fundação Banco do Brasil em 2013, a área concretada é menor e a água acaba sendo mais limpa, pois água caí logo na cisterna reduzindo a quantidade de sujeira na cisterna”, esclarece.

Na ocasião a Coordenadora Geral da ACB, Maria Socorro Silva, falou sobre o trabalho que organização vem realizando na região. “A ACB tem nesses 34 anos trabalhado junto aos agricultores/as familiares, o processo organizativo, produtivo e formação social. O Projeto Mulheres da Chapada orienta a produção coletiva em seis grupos de mulheres objetivando melhoria na renda familiar dessas mulheres.” afirma.

A equipe de TV pôde ainda conhecer o quintal do agricultor Luiz Olímpio, conhecido como Gonzaga que já é visitado por pessoas de outros municípios. Ele e sua família mudaram sua vida. Hoje ele produz o que come e o que escoa é comercializado na Feira Agroecológica de Santana do Cariri. A feira é a pioneira no município e recentemente completa um ano de criação, a mesma foi produto do Projeto Jovens Familiares, o feirante continua participando da feira e anima o grupo de mulheres para a participação delas na feira. O feirante recebe visitas de intercâmbio do Projeto P1+2 da ASA e Quintais Produtivos do Estado do Ceará.


A Cisterna Chapéu de Padre Cícero é uma adaptação da Cisterna-calçadão tecnologia social da ASA, a inovação neste modelo seria a diminuição do espaço concretado do calçadão da cisterna.

Esta adaptação foi realizada a partir do olhar dos técnicos/as da Associação Cristã de Base – ACB, a instituição certificou a tecnologia social através da Fundação Banco do Brasil em 2013. Esta certificação gerou demanda para a elaboração e aprovação do Projeto Jovens Familiares Produzindo no Cariri, o mesmo foi patrocinado pela Petrobras nos anos de 2014 e 2015.

Nesta edição do Projeto Jovens Familiares Produzindo no Cariri, a tecnologia foi acrescida a outra tecnologia que foi o sistema PAIS – Produção Agroecológica Integrada e Sustentável. Com a experiência exitosa deste projeto outro foi elaborado e aprovado, que é o Projeto Mulheres da Chapada do Araripe Integradas na Produção realizado pela ACB e patrocinado pelo Programa Ecomudança – Promovido pelo Itaú Unibanco.



Esta matéria você também confere no link abaixo:

http://www.asabrasil.org.br/noticias?artigo_id=9656



A reportagem você confere no link abaixo:


http://g1.globo.com/ceara/cetv-1dicao/videos/t/edicoes/v/associacao-crista-de-base-incentiva-agricultura-familiar/5203686/


Destaques
Notícias Recentes
Arquivos

Entre em contato:
(88) 3521-3005

Encontre-nos:

Rua dos Cariris, 61 - Crato,CE