Agricultora de Santana do Cariri participa de intercâmbio para encontrar com as famílias agricultoras senegalenses.

November 9, 2018

Foto: Fernanda Cruz, https://www.facebook.com/photo.php?fbid=2178930002140904&set=pcb.2178930498807521&type=3&theater   

 

   A agricultora Marta Moreira da comunidade Tabuleiro Branco no município de Santana do Cariri - CE foi selecionada para participar de um intercâmbio realizado em Senegal no continente Africano.  Marta compõe o grupo de 13 brasileiros/as do semiárido. 

 

    A proposta do intercâmbio é proporcionar a troca de experiências e a sabedoria popular entre os povos dos semiáridos. A ASA (Articulação do Semiárido Brasileiro) recebeu o convite da Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO).

   

   Marta em sua trajetória de vida têm muita história para contar. Filha de agricultores, uma família com sete irmão, ela é a quinta, cinco mulheres e dois homens. Perdeu seu pai aos 06 anos, com isso teve que ajudar na roça muito cedo. 

 

   Ela lembra do que já passou com a seca "Na seca dos anos 80 fui trabalhar na frente de serviço nas estradas, junto com dezenas de homens, para poder ajuda a sustentar a nossa família. Mas isso não me envergonha! Pelo contrário, me sentia orgulhosa por ter certeza que minha família não ia passar fome, nem estava roubando ou pedindo esmola", lembra Marta. 

 

   Acompanhar um intercâmbio internacional foi algo inesperado para ela, sua alegria quando estava se aproximando a data de embarque foi contagiante. 

 

Foto: https://www.facebook.com/photo.php?fbid=2176552625711975&set=a.453392134694708&type=3&theater

   De 5 a 13 de novembro, 13 brasileiros/as do Semiárido, alguns deles/as vindos/as de municípios em estado de emergência pela seca, vão atravessar o oceano Atlântico para encontrar com as famílias agricultoras senegalenses. Conheça um pouco mais das histórias dos agricultores e agricultoras que serão os/as embaixadores/as do Semiárido brasileiro no Senegal (http://asabrasil.org.br/noticias?artigo_id=10693).

 

   A população do Senegal vive, desde outubro do ano passado, uma crise alimentícia resultante da falta de chuva. Segundo a organização não governamental Ação Contra a Fome, estima-se que falta de chuva deixou mais de 245 mil pessoas sem alimentos no país. E uma, em cada cinco crianças, sofre de desnutrição aguda.

(http://agenciabrasil.ebc.com.br/internacional/noticia/2018-08/no-senegal-seca-deixa-245-mil-pessoas-sem-alimentos-afirma-ong)

Please reload

Destaques

Intercâmbio entre instituições proporciona troca de saberes

October 1, 2019

1/10
Please reload

Notícias Recentes

June 7, 2019

December 7, 2018

December 5, 2018

Please reload

Arquivos