EXPROAF 2019



Há dezenove anos na cidade do Crato é realizada a EXPROAF (Exposição dos Produtos da Agricultura Familiar). Surgiu como feira e seu intuito foi garantir a participação de agricultores e agricultoras do Cariri, e alguns produtores de estados próximos ao território.


A EXPROAF se tornou uma tradição para agricultores e agricultoras, esta já possuí um período marcado para sua realização. Geralmente acontece no último final de semana de maio e início de junho.


Entre expositores e expositoras alguns rostos são comuns em encontrar. Como é o caso de Maria Ana, conhecida como Dona Ana, ela com sorriso na face nos fala um pouco como foram as primeiras edições da exposição. “muita coisa mudou, nas primeiras vezes nem barraca tinha. Os produtos eram colocados em caixas no chão mesmo. Não era tudo tão bonito como é agora!”, lembra ela, agricultora, feirante, do Assentamento 10 de Abril no Crato – CE.



Sobre a realização da feira ter mudado de local “os governantes quiseram excluir o trabalhador/a botando pra aqui, mas onde nós estamos e somos acompanhados por nossa senhora deu foi certo. Lá tiraram o engenho, a casa de farinha, as pessoas que iam pra lá era só pra visitar, aqui vem quem quer comprar. A feira aqui foi muito melhor que lá!”, diz Dona Ana.


Dona Ana relembra como era a feira antes, das dificuldades que enfrentaram, e o que ela achou da feira. “Tô achando a feira espetacular. Ainda ontem dei uma entrevista e eu falei, porque quem acompanha a exproaf desde o início é que sabe como tá hoje. Quando começamos nós nem tinha onde durmi, não tinha onde cumê, era uma desorganização, pouca gente ajudava pra uma feira dessa acontecer. Hoje depois que viram que dá certo, todo mundo tá ajudando, é governo, prefeitura que não ajudava, e outras. E cada vez mais crescende, aqui não tá parecendo mais uma feira. Tá parecendo uma festa, não parece só uma feira de agricultor tá parecendo uma feira de empresário, porque já viramos empresárias!”, concluí ela.


Outro rosto que certamente você irá encontrar é o de Maria Agostinho, conhecida como Maria de Nêna “essa feira eu não esperava, quero agradecer a Deus por ter nos mandado um bom inverno. Agradecer aos parceiros e as entidades que nos dão acompanhamento, sem eles não estaríamos aqui, agradecer a FETRACE e os sindicatos. Mas uma coisa muito importante foi estar nesse local, me senti muito bem, só o calor que está muito grande. Aqui nos sentimos em casa, mais perto do povo”. Maria de Nêna também é do Assentamento 10 de Abril.


Este ano a fartura foi grande, a diversidade de produtos e artesanatos surpreendeu os organizadores/as, expositores/as e apoiadores/as.



Confira fotos do evento:











Destaques
Notícias Recentes
Arquivos

Entre em contato:
(88) 3521-3005

Encontre-nos:

Rua dos Cariris, 61 - Crato,CE