Projeto irá trabalhar agroecologia através da implementação de sistema PAIS

February 28, 2020

Foto: Zilvânia Oliveira 

 

A ACB inicia no mês de fevereiro o Projeto Plantando Agroecologia no Cariri, um convênio com a Fundação Banco do Brasil, o projeto tem duração de dezoito meses. Tendo como território as comunidades Brejinho, Engenho da Serra, Riacho Fundo no município de Crato e comunidade Gostoso no município de Nova Olinda. As ações serão desenvolvidas em sua maioria pelas mulheres cuja participação será de 80% nas atividades do projeto.

 

O Objetivo do projeto é Promover a inclusão de agricultores/as familiares na produção agroecológica, através do sistema de Produção Agroecológica Integrada e Sustentável – PAIS. Serão implantados 50 sistemas PAIS, estas famílias trabalharão em seus quintais produtivos acompanhadas pela equipe do projeto. As ações desenvolvidas no projeto.

 

A equipe do projeto é composta por Ricardo Vieira (Coordenador executivo), Ery Claudio Alves (Técnico em Agropecuária – Diretor Administrativo da ACB), Brígida Tavares (Gerente Financeira) e Nelzilane Oliveira (Comunicadora Popular – Diretora de Comunicação da ACB). 

 

O projeto possui parcerias importantes para sua execução são elas: FETRAECE (Federação dos Trabalhadores (as) Rurais do Ceará) regional Cariri, STTRs (Sindicatos dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais), Associações, grupos de mulheres, e Secretarias de Agricultura dos municípios.

 

As primeiras ações do projeto já foram realizadas, o primeiro contato foi através do Grupo de Agricultores Familiares dos Sítios Brejinho e Engenho da Serra e do STTR Crato. Foram realizados os pré-cadastros, em seguida as visitas nas casas das famílias.

 

Principais atividades do Projeto

 

Implantação de 50 sistemas PAIS

Realização de 05 capacitações: sistema PAIS, socioeconomia solidária, produção de forragem, galinha caipira e oficina sobre gênero.

Acompanhamento técnico

O que já foi realizado?

 

Além dos cadastros já confirmados semana passada, dia 19/02, foi realizada a apresentação oficial do projeto. Onde se reuniram todas e todos beneficiárias/os e parceiros/as do projeto. Contamos com a participação da Presidenta do STTR Crato, Celiane David, que se prontificou em ajudar no que fosse possível. Outra participação importante foi da Coordenação do FETRACE Regional Cariri,  Franci Oliveira e Joathan Magalhães.

 

Fotos: Nágila Batista

 

 

 

 

O destaque deste dia foi a participação das/dos beneficiárias/as. As expectativas foram inúmeras, na face delas/es o sorriso demostrava a alegria de poder participar do projeto. Essa foi uma das alegrias de Dona Antonieta, “eu ia ficar triste se não fosse umas das beneficiárias”, quando indagada sobre a importância do projeto para a comunidade e sua vida. Antonieta Maria Ferreira, beneficiária do projeto da comunidade Brejinho.

 

Parte da equipe do projeto, técnicos/as e diretoria da ACB participaram do evento. Foram elas e eles: Franciêr Simião (Presidente) Zilvania Oliveira (Auxiliar Administrativo), Tereza Práxedes (Conselho Fiscal), Mário Costa (Motorista) Nágila Batista (Técnica em Agropecuária).

 

O técnico do projeto, Ery Cludio Alves, descreveu este dia de lançamento do projeto.

 

"O evento de lançamento do projeto superou as expectativas, com ótima participação do público envolvido, presença dos parceiros, STTR Crato, FETRECE e Associação de Mulheres do Brejinho. Na oportunidade expomos as ações a serem desenvolvidas no período de execução do projeto, dialogamos com os(as) beneficiários (as) e parceiros as atividades e práticas a serem realizadas, tendo como meta principal o empoderamento das famílias com geração de renda, e visando principalmente a inclusão do jovem e da mulher. Outro ponto de ação acordado no momento foi o fortalecimento da produção das famílias beneficiadas por o projeto Jovens Familiares Produzindo no Cariri. 

No meu ponto de vista, foi um momento proveitoso, um início de projeto em contato com o público participante, esclarecemos algumas dúvidas e fechamos o comprometimento, tanto da nossa parte, quanto por parte dos(as) beneficiários. Diante do proposto por o projeto, e o público envolvido, acredito que será uma ação de grande importância para a região, bem como."

O que é um Sistema PAIS?

 

O sistema PAIS integra um conjunto de técnicas sustentáveis adaptáveis nas zonas rurais cuja realidades são semelhantes. No caso do projeto Plantando Agroecologia no Cariri se assemelha na proporção de área de cultivos das famílias beneficiárias, a grande maioria é em média 01 tarefa (0,3 há) por família.

Foto: Acervo ACB.

 

Saiba mais no site da Fundação Banco do Brasil: https://transforma.fbb.org.br/tecnologia-social/pais-producao-agroecologica-integrada-e-sustentavel

 

 

 

 

 

Please reload

Destaques

Intercâmbio entre instituições proporciona troca de saberes

October 1, 2019

1/10
Please reload

Notícias Recentes
Please reload

Arquivos